Gestão de Qualidade em Tempo Real
Sem categoria

O seu restaurante tem salão? Confira algumas dicas!


No cenário atual do mercado, os gestores e proprietários de restaurantes e estabelecimentos de fast-food conhecem a fundo as responsabilidades envolvidas no negócio. Podemos citar, por exemplo, a gestão de custos, de pessoas, de materiais, dentre outros e, muitas vezes alguns pontos importantes acabam sendo deixados em segundo plano.

Quais São as Regras?

O salão onde as refeições serão servidas é um ponto ao qual nem sempre se dá a devida atenção. No entanto, ele contribui para uma experiência mais completa e satisfatória para o cliente. Mas o que a legislação diz sobre salões? Existem obrigatoriedades definidas por lei que se diferem de estabelecimentos de fast-food por exemplo?

A legislação descreve pontos sobre estabelecimentos que possuem salão, sendo eles restaurantes ou estabelecimentos do tipo fast-casual de forma a garantir que o salão contribua para a satisfação do cliente e não ofereça qualquer risco para os alimentos servidos.

A Decoração

Por mais que não pareça ter impacto na segurança dos alimentos, é importante dar atenção à decoração escolhida para o local. É comum a utilização de ornamentos e plantas, que podem ser utilizados, desde que não fiquem próximos aos alimentos, principalmente em estabelecimentos com sistema buffet ou self-service, e não sejam posicionados em caminhos de correntes de ar, para garantir que não haja contaminação dos alimentos. É importante também lembrar que as plantas podem atrair insetos para o estabelecimento, então o controle de pragas deve ser muito bem empregado.

Ambientes Climatizados com Ar Condicionado

Muitos salões possuem ar condicionado, então é importante posicioná-los de forma que o ar não incida diretamente sobre os alimentos, para evitar contaminações. É preciso também fazer periodicamente a manutenção preventiva do equipamento e limpeza dos filtros, de acordo com a especificação do fabricante e manter os registros disponíveis.

Móveis e Utensílios

Quanto aos móveis e utensílios, a legislação permite a utilização de materiais que não são aceitos na cozinha, como vidro e madeira, desde que sejam mantidos em bom estado de conservação. Lembrando sempre que o restaurante que possuir salão deve dispor de pia exclusiva para lavagem de mãos à disposição dos clientes e também de banheiros separados por sexo, com exceção de restaurantes em locais nos quais esses serviços já estão disponíveis, como em praças de alimentação e Shoppings, por exemplo.

O salão deve ser uma extensão da proposta do restaurante e deve proporcionar um ambiente aconchegante e receptivo para os clientes. No entanto, é essencial que também atenda às especificações das legislações vigentes. O salão é um ponto importante para restaurantes que querem fornecer não só alimento, mas também uma experiência única e momentos de satisfação para os seus clientes.

O que achou? Esclarecemos suas dúvidas? Caso ainda tenha dúvidas, escreva no campo de comentário abaixo que tentaremos ajudar!!

CTA Sistema Trofitic Chef
Alimentos
Responsabilidade Técnica em Restaurante ou Fast-Food: Como Atender?