Gestão de Qualidade em Tempo Real
Alimentos

Cuidados que os Restaurantes devem ter com Alimentos Alergênicos


Ter alergia a alimentos é mais comum do que se pensa!! Estima-se que 40% da população possui alguma restrição. Muitas vezes esse tipo de alergia só aparece na vida adulta e a única solução é evitar os alimentos que causam as reações. Porém, imagina o quanto deve ser difícil para quem tem essa condição comer fora de casa, por isso que é preciso tomar cuidado com os alimentos alergênicos nos restaurantes.

Além disso, é muito importante ressaltar que alergia e intolerância são definições completamente distintas. A alergia a um alimento consiste em uma reação imunológica que ocorre após ingestão ou contato com algum alimento. Já a intolerância é a dificuldade de digerir certo tipo de alimento, provavelmente devido a uma deficiência enzimática do sistema digestivo, ou outro mecanismo desconhecido.

Para exemplificar, listamos abaixo as alergias mais comuns, assim como um caso de intolerância.

Alergias alimentares

Peixes e Crustáceos

Esse tipo de alergia raramente acontece na infância, até por ser uma fase que o consumo de peixes e crustáceos é menor comparado a vida adulta. Apenas 1 a 3% da população tem essa restrição e um dos seus maiores causadores é o camarão.

Leite e Derivados

A alergia ao leite, ao contrário do que muitos pensam, não está relacionada à lactose e, sim à caseína, uma proteína presente no leite.
Esse tipo de alergia é muito mais comum em crianças, especialmente em bebês. Adultos raramente têm alergia à proteína do leite de vaca.

Trigo, Centeio, Cevada e Aveia

No caso desses produtos, muitas pessoas associam alergia a doença celíaca, a qual na realidade consiste de uma reação imunológica ao glúten. No entanto, da mesma forma que a alergia à proteína do leite, as pessoas que são alérgicas ao trigo, centeio, cevada e aveia são alérgicas às proteínas presentes nestes cereais.

Essa alergia é mais comum em bebês e crianças pequenas, que ainda estão desenvolvendo seus sistemas imunológicos e digestivos. Ela tende a desaparecer conforme elas crescem, mas adultos também podem vir a desenvolver a doença.

Amendoim

É umas das alergias mais populares, e é descoberta logo na infância, normalmente no primeiro contato com o alimento. Qualquer produto ou prato que use esse ingrediente, pode causar a alergia em grau leve, moderado ou grave.

Ovos

Essa alergia, assim como a alergia a leite, é referente a uma proteína presente na clara do ovo, portanto teoricamente a pessoa poderia ingerir a gema, mas o melhor é evitar, uma vez que estiveram em contato. É importante saber que muitas vacinas contém essa proteína em sua composição, podendo causar reações nos alérgicos.

Intolerância

Lactose

A intolerância mais comum é a intolerância ao açúcar presente no leite e seus derivados, a lactose. Essa intolerância é conhecida por deficiência da enzima lactase, responsável pela digestão da lactose. Dessa forma, atualmente é muito comum encontrar no mercado opções de produtos que não contenham esse ingrediente, ou seja, na maioria dos casos adiciona-se a enzima no produto e ela é responsável pela quebra do açúcar, facilitando a digestão.

Como os Restaurantes devem agir para evitar Reações Alérgicas nos seus Clientes?

Como os Restaurantes devem agir para evitar Reações Alérgicas nos seus Clientes?

Não há legislações vigentes sobre alimentos que podem causar alergias em serviços de alimentação. No entanto, em Julho de 2016, entrou em vigor uma legislação da Vigilância Sanitária (RDC 26) referente ao controle de alergênicos em indústrias e em toda a cadeia de alimentos, obrigando os fabricantes a indicarem a presença ou possível presença de componentes alergênicos em um alimento, mesmo que seja somente destinado ao Food Service. Desta forma, é importante que os restaurantes se preocupem em oferecer aos seus clientes um cardápio explicativo dos ingredientes que compõem cada um dos pratos.

Além disso, é importante que esteja claro aos consumidores todos os alergênicos que são manipulados no local, pois uma simples contaminação cruzada é suficiente para causar alergia ao alérgico.

Atualmente, já é possível notar uma preocupação das grandes marcas em relação aos alergênicos. Na Casa do Pão de Queijo e no Subway, por exemplo, a tabela de alergênicos está disponível aos clientes tanto nas lojas quanto no site da rede.

Fonte: http://www.casadopaodequeijo.com.br

Fonte: http://www.subway.com.br

No caso dos restaurantes por kilo ou buffet, onde é difícil criar placas com todos os ingredientes presentes em cada prato, o mais viável é informar os pratos que possuem algum alimento que pode causar reação alérgica. Por exemplo, no buffet há um prato que contém ovo, coloque uma placa especificando que ali há ovo e isso pode causar reações em algumas pessoas.

Você possui alguma alergia? Ou conhece alguém que é alérgico a algum alimento? Nos conte nos comentários se já passaram por alguma experiência ruim em relação a este assunto!!

CTA Sistema Trofitic Chef
Alimentos
Os registros de temperatura e limpeza para tomada de decisão
Alimentos
A carga horária ideal para o treinamento dos manipuladores de alimentos
Curiosidades
Por que a Vigilância Sanitária fecha alguns restaurantes?